Google
 

Calda Bordalesa

A calda bordalesa é um tradicional fungicida agrícola, resultado da mistura simples de sulfato de cobre, cal hidratada ou cal virgem e água.

      Tem eficiência comprovada sobre numerosas doenças fúngicas da videira, caquizeiro, citros e de outros cultivos. Possui também ação contra bactérias e determinadas pragas.

      A aplicação deve ser feita preventivamente, com alta pressão, formando uma finíssima camada, que recobre os ó rgãos vegetais dando boa aderência nas chuvas e proteção - contra a instalação de doenças.

     Muitas são as vantagens do emprego da calda bordalesa. Tem baixo custo, muito menor que os demais defensivos, por ser produzida na propriedade. Não deixa resíduos tóxicos, com reduzido efeito sobre o homem e a natureza.

     Nas plantas, além da ação fungicida, fortalece as folhagens, fornece nutrientes importantes, como cálcio, cobre e enxofre, e pode ser acrescida de micronutrientes na forma de sulfatos, com vantagens.

     É uma excelente opção ao agricultor pela redução dos custos e para atender à crescente exigência de produtos mais naturais.

O preparo da calda bordalesa

1 - Dissolver o sulfato de cobre num balde plástico ou em outro recipiente que não seja metal em 10 ou mais litros de água.
Diluir essa solução concentrada numa caixa de cimento ou amianto com o volume necessário de água para a aplicação, mexendo bem.

2 - Em outro recipiente, em 10 ou mais litros de água, dissolver a cal hidratada, formando um leite de cal. No caso de utilizar cal virgem é necessário hidratá-la, antes do preparo, com muito cuidado, pois trata-se de um processo exotérmico, ou seja, com desprendimento de calor e gases. O processo mais rápidoé misturá-Ia, em um balde de lata, com pouca água, formando uma pasta mole até sua efervescência e resfriamento. Outro processo de hidratação, mais lento e menos efervescente, consiste em colocar quatro partes de água no tambor de metal ou caixa de amianto ou cimento e, a seguir, uma parte de cal, deixando em repouso por 24 horas. Exemplo: para 120 litros de água, colocar 30 quilos de cal.

3 - Adicionar lentamente o leite de cal na solução cúprica,
mexendo para misturar bem. Verificar o pH da calda. Caso
esteja ácida (pH menor que 7), adicionar mais leite de cal até a
sua neutralização (pH igualou superior a 7).

Fumo de Corda

Contra o tripes e pulgões:

Ferva 15 cm de fumo de corda em 500 ml de água, depois deixe de molho por 24 horas. Utilize 5 colheres de sopa para 1 litro de água, pulverizando sobre a planta.

Pimenta do reino

Repele pulgões, ácaros e cochonilhas.
100 g de pimenta-do-reino em 1 litro de álcool, deixado descansar por 7 dias, misturado com uma solução de 60g de sabão de coco fervido em 1 litro de água.

Essa solução deve ser dissolvida na proporção de 1 litro para cada 15 litros de água, aplicando-se sobre as plantas 1 vez por semana.

Se você tiver outras dicas de defensivos naturais, utilize o campo abaixo!


Comentários dos visitantes:

NEWTON LUIZ RAPHAEL LEITE - 16/5/2007 16:21:08
QUAL A QUANTIDADE DE SULFATO DE COBRE A SER DISSOLVIDA NOS 10 LITROS DE ÁGUA DA RECEITA DE CALDA BORDALESA?

Reinaldo - 18/11/2007 16:04:56
Uso (pelo menos usava), muito vasos de barro. Prefiro-os aos vasos de plásticos. Não os tenho encontrado, será que tomaram o rumo do xaxim... Que falta me fazem. rsrsrsrsr . Como tenho sofrido para replantar e sentir que minha planta ficou firme, que não vai tombar no primeiro ventinho. Tem idéia de algo melhor que pedaços de paus? Tem idéia de quem trabalha com vasos de barro. Muitissimoi grato


  Tem uma pergunta? Não encontrou o que procurava? Clique aqui para tê-la respondida!

Quer deixar sua opinião sobre o conteúdo desta página?
Utilize o formulário abaixo!

Seu Nome:
Seu Email:
Comentário:
Digite a verificação:

 
|